Bahia Notícias / Notícias / Plataforma consumidor.gov vai para receber reclamações sobre redes sociais-09.10.2021

Instabilidades, erros, conte ú exclu injustificados, vazamento de dados e golpes em redes sociais, como Facebook e Instagram, agora power a ser registrado na plataforma consumidor.gov. O movimento foi publicado esta semana na portaria n º 12 de 2021 da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).

Uma pesquisa do afiado Senaco está ligada ao Minist is rio of the Justi e Seguran P &uşblica, the denuncis ‘ as reclamações de uso de redes sociais de redes sociais aumentaram 300% em per o per-odine de janeiro a julho deste ano. Entre as principais reclamações está o registro de perfis falsos utilizando dados pessoais, o compartilhamento de dados autorais n e a cobrança cobrada por produtos e servi ess n pedido, de acordo com a Ag Brasil Brasil.  

” O consumidor acessa, confere o registro da empresa. Ele ent. não faz a reclamação do reclamante e a empresa tem um prazo de 30 dias para se manifestar. Esse canal é importante e traz uma taxa de resolução de conflitos de quase 80% dos casos “, explica Lilian Brand else, diretora do Departamento de Prova e Defesa do Consumidor.

A Secretaria Geral da emissão de Presídeos de Rep ú blica registra que há 150 milh por cento de uso de redes sociais no Brasil-o que equivale a 70% da popula. Esta semana, o Facebook, o Instagram e o Whatsapp apresentaram instabilidade de mais de 6 horas, o que inviabilizava o uso indevido de múltiplos neg Negócios, j sendo que as s plataformas não usadas usadas como meio de operar em aplicações ú veis.

A falha gerou uma notificação pelo Procon do estado de S Paulo Paulo, que se orienta para os rios sobre posses às empresas ‘ próprio. ” O Procon-SP tem como objetivo identificar as causas da vidraça geral e punir as empresas com multas que ultrapassem R$ 10 milh ” s, a menos que haja justificativa de evento fortuito, externo e de incontrole, e assim estabelecer responsabilidades para que os futuros possam futuramente os reparos individuais de reparos “, disse o diretor do Procon, Fernando Capez.

A Nasdaq-a bolsa de valores dedicada ao mercado de tecnologia-foi afetada pelo fracasso, e as gigantes das redes sociais ‘ s “Fixtildes” entraram para acumular perdas de 50 bilh ” s.

Fonte: www.bahianoticias.com.br/noticia/262694-plataforma-consumidorgov-passa-a-receber-queixas-sobre-redes-sociais.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
online