Bahia Notícias / Esportes / E.C. Bahia / Dado avalia que cansaço pesou para o Bahia: ‘Faltou intensidade o jogo inteiro’ – 08/08/2021

O empate em 1 a 1 contra o Cuiabá, neste sábado, ocorreu em grande parte por causa do desgaste sofrido pelos atletas do Bahia nas últimas semanas. Essa foi a avaliação feita pelo técnico Dado Cavalcanti.

 

"O jogo aqui foi mais difícil do que aparentou em casa. Tivemos um jogo absurdo de intenso na quarta-feira à noite, chegamos em Salvador 2h30, às 14h estávamos nos reapresentando em Pituaçu, para juntar os cacos e fazer uma viagem extremamente desgastante para Cuiabá. Nenhum jogador veio hoje com tanque cheio. Talvez a gente teve mais posse, mais chances claras, um pouco mais agressivo em algumas pressões, mas volto a falar, as dificuldades foram grandes. Calor forte em Cuiabá. Isso trouxe dificuldades", ponderou, em entrevista coletiva após o jogo.

 

O comandante acredita que a partir de agora, com mais semanas inteiras de trabalho, a sequência negativa de cinco jogos sem vencer pode ser interrompida. "[A semana cheia será positiva] Em tudo. Primeiro, no descanso, que vários jogadores precisam ter. A gente volta terça-feira a treinar. Gilberto, Rodriguinho, Rossi, Conti, Rossi, Daniel, Nino Paraíba. Vai ser muito saudável. Vamos ganhar tempo para a recuperação de outros jogadores que estão no Departamento Médico. Jonas, Ligger. Thonny não deve ser agora. E treino. Vários jogadores precisam ganhar mais lastro em treinamento", destacou.

 

Outro tema abordado por Dado na entrevista foi a atuação de Raniele. O jovem volante entrou no segundo tempo e criou duas chances de perigo. Primeiro, o passe que deixou Maycon Douglas na cara do gol e originou a expulsão de Felipe Marques. Depois, um chute de muito longe que Walter teve dificuldades para defender.

 

"Raniele vem fazendo boas partidas sempre que requisitado. Sempre está no radar, vem fazendo boas partidas no Brasileiro de transição. E esse talvez seja o grande trunfo. Quando você requisita um jogador do time de transição, ele vem jogado. Vem com ritmo. É mais favorável do que vários jogadores que estão no nosso grupo e estão com falta de jogo. Hoje, ele fez uma partida com mais protagonismo do que outras. Deu sim um baita recado para a sequência", pontuou.

 

Por fim, o técnico acredita que o gol do Cuiabá tenha sido originado de falhas defensivas. "O gol foi muito próximo a mim. Ficou muito nítido que vários jogadores nossos tentaram chegar na bola, esticaram a perna. Pepê realmente passou com um pouco de facilidade por três, teve uma finalização que não foi tão efetiva assim. Acho que deixamos a desejar nesse lance, não só nele, mas em alguns momentos. Mas eu volto a falar: não é desculpa, mas é uma realidade. São seres humanos. A gente está em uma pegada muito pesada", lembrou. 

Fonte: www.bahianoticias.com.br/esportes/bahia/26070-dado-avalia-que-cansaco-pesou-para-o-bahia-faltou-intensidade-o-jogo-inteiro.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
online