Bahia Notícias / Esportes / Notícia / Dia 10 em Tóquio: Zanetti é destaque na final das argolas; Isaquias estreia na canoagem – 01/08/2021

Medalha de ouro em Londres-2012 e de prata na Rio-2016, Arthur Zanetti é a grande esperança de medalha na ginástica masculina neste décimo dia de Jogos Olímpicos em Tóquio. Na semifinal, o brasileiro ficou com a quinta colocação geral, após a nota de 14,900. O favorito ainda é o grego Eleftherios Petrounias, atual campeão olímpico e melhor colocado na classificação geral, com nota de 15,333. A prova começa às 5h (de Brasília) desta segunda-feira (2). 

 

A ginástica ainda disputa duas finais. Rebeca Andrade, que conquistou medalha de prata no individual geral (veja aqui), a brasileira faz a final de sua prova preferida, o solo, às 6h. Ao som de baile de favela, ela conquistou a quarta colocação geral na semifinal, com 14,066, e tem chance de pódio. Vale lembrar que ela já conquistou duas medalhas nesta edição dos Jogos – de prata, no individual geral, e de ouro, no salto. No masculino, Caio Souza participa da decisão do salto. Na classificatória, ele terminou com a sétima melhor nota (14,700). Sua apresentação começa às 6h54. 

 

Da Bahia para o Brasil, o único atleta da história do país a alcançar a marca de três medalhas em apenas uma Olimpíada – na Rio-2016 -, Isaquias Queiroz, faz sua estreia na canoagem de Tóquio, às 22h05 deste domingo (1º). Ele vai competir com seu novo parceiro, Jacky Goodman, também baiano, na categoria C2 1000m masculino. Ao lado de Erlon de Souza, que não foi a Tóquio por causa de uma lesão (veja aqui), Isaquias ficou com o bronze nesta prova no Rio de Janeiro.

 

Na vela, Martine Grael e Kahena Kunze disputam a grande final da classe 49er FX. Atuais campeãs olímpicas, as brasileiras se classificaram em segundo, com a mesma pontuação das holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz, que ficaram em primeiro – perderam no critério de desempate. Sendo assim, Martine e Kahena só dependem de si para levar o ouro. 

 

O atletismo também terá representante brasileiro em decisão. Neste caso, brasileira. Isabela da Silva colocou o país na final do lançamento de disco pela primeira vez na história. Ela teve a 12ª melhor marca da semifinal, com 61.52 metros. 

 

Além disso, o vôlei feminino, já classificado para a próxima fase, faz sua última partida pela fase de grupos do torneio contra o Quênia, às 9h45.

 

Confira a agenda completa: 

 

Canoagem velocidade: 

A partir de 22h05 – Isaquias Queiroz e Jacky Goodman (classificatórias do C2 1000m masculino) 

22h21 – Vágner Souta (classificatórias do K1 1000m masculino)

 

Atletismo: 

A partir de 22h30 – Ana Carolina Azevedo e Vitória Rosa (classificatórias dos 200 metros rasos feminino)

 

Handebol feminino: 

23h – França x Brasil (rodada 5 da fase de grupos)

 

Levantamento de peso: 

23h50 – Antônia Ferreira (categoria até 76kg)

 

Vela: 

A partir de 00h05 – Ana Barbachan e Fernanda Oliveira (classe 470 feminino)

A partir de 2h15 – Henrique Haddad e Bruno Bethlem (classe 470 masculino)

2h33 – Martine Grael e Kahena Kunze (final da classe 49er FX)

 

Vôlei de praia:

1h – Evandro e Bruno Schmidt (BRA) x Plavins e Tocs (LET) (oitavas de final) 

9h – Alison e Álvaro (BRA) x Gaxiola e Rubio (MEX) (oitavas de final) 

 

Tênis de mesa: 

2h30 – Brasil x Coreia do Sul (quartas de final por equipes)

 

Ginástica Artística: 

5h – Arthur Zanetti (final das argolas masculino) 

6h – Rebeca Andrade (final do solo feminino) 

6h54 – Caio Souza (final do salto)

 

Vôlei feminino: 

9h45 – Brasil x Quênia (rodada 5 da fase de grupos) 

Fonte: www.bahianoticias.com.br/esportes/noticia/59067-dia-10-em-toquio-zanetti-e-destaque-na-final-das-argolas-isaquias-estreia-na-canoagem.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
online