Bahia Notícias / Esportes / Notícia / Em discurso inflamado, dirigente do Grêmio pede que juiz não sofra pressões contra Bahia – 24/11/2021

Após ver o Flamengo abrir 2 a 0 no placar e ter um jogador expulso, o Grêmio buscou o empate em 2 a 2, na noite desta terça-feira (23), na Arena do Grêmio, pelo jogo adiado da segunda rodada do Brasileirão. O resultado diante da poderosa equipe carioca empolgou o vice-presidente de futebol do Tricolor gaúcho Dênis Abrahão, que fez um discurso inflamado exaltando o time. O dirigente ainda pediu que o árbitro Bruno Arleu de Araújo não ceda às pressões no jogo contra o Bahia, na próxima sexta (26), às 19h, na Arena Fonte Nova, em jogo antecipado da 36ª jornada.

 

"Sei que amanhã vocês vão falar que é choro de perdedor, só que o Grêmio é centenário, é campeão do Mundo. O Grêmio não vai cair para a segunda divisão, e o Grêmio deu provas hoje que é um fenômeno. Nem sei quem vai apitar na Bahia, mas desejo sorte, senhor juiz, não brinque com a história do futebol brasileiro, seja correto, apite a lei do jogo, não inventem, não sofra as pressões que o juiz do último jogo sofreu", afirmou.

 

Abrahão se referiu à equipe de arbitragem do empate sem gols do Esquadrão de Aço diante do Cuiabá, no último domingo (21), pela 34ª rodada (lembre aqui). O árbitro Raphael Claus anulou dois gols do Dourado em lances polêmico ao assinalar um impedimento em um e dar uma falta no lateral-direito Nino no outro.

 

Nesta terça, os gremistas saíram na bronca com Braulio da Silva Machado, que apitou o duelo com o Flamengo. Eles reclamam de um pênalti não marcado de Gustavo Henrique em cima de Ferreirinha. O juiz ainda expulsou o volante Jhonata Robert aos 14 minutos do segundo tempo e depois o goleiro Brenno, que sequer saiu do banco de reservas, por reclamação.

 

"Se quiser falar de futebol, aí nós vamos falar de futebol porque o Grêmio foi tremendamente prejudicado novamente. O Grêmio com dez homens suplantou um grande clube, com uma grande força junto à CBF", declarou Abrahão. "Pênalti no Gre-Nal, inconclusivo. Falta do Cortez no atacante do Atlético Mineiro com Mineirão lotado depois de ter anulado um gol do Borja legítimo, inconclusivo. Grêmio e América, pênalti, aí não foi inconclusivo, perdão. A ouvidoria disse que foi pênalti, que bacana. E esses pontos onde é que estão? O Grêmio perdeu os pontos", continuou.

 

Dênis Abrahão voltou a elogiar a postura do time gaúcho e ainda criticou a imprensa do Rio Grande do Sul por especular sobre uma possível armação para "entregar pontos" ao Mengo, comandado pelo técnico Renato Gaúcho, que é ídolo dos gremistas.

 

"Eu não estou buscando desculpa para derrota. O meu time não foi derrotado! Os meus jogadores foram homens para caramba. E não vão derrubar o Grêmio. O Grêmio não nasceu ontem, esse papinho coordenado, cooperativado, bagaceiro, sujo, de dizer que o jogo estava jogado, que o Renato era gremista. O Renato é profissional, gente, para com essa bobagem, o Renato pode ser gremista depois do jogo. Uns otários caem nesse papinho trouxa aqui, eu sou homem velho no futebol, já vi de tudo acontecer. O time do Renato jogou de acordo com o Renato, simples assim. Dizer que tinha isso ai tudo é jogadinha ensaiada é muito velho e porco, é sovina, é leviano, e eu me responsabilizo por tudo o que estou falando", disparou.

 

Enquanto o Flamengo ainda tem um fio de esperança na conquista do título brasileiro ao ocupar a segunda colocação com 67 pontos, oito a menos do que o líder Atlético-MG, o Grêmio está na luta para evitar o rebaixamento. O Tricolor gaúcho é o 18º com 36, um a menos do que o Bahia, que é o 17º. Fora do Z-4, o Juventude é o 16º com 40.

Fonte: www.bahianoticias.com.br/esportes/noticia/60238-em-discurso-inflamado-dirigente-do-gremio-pede-que-juiz-nao-sofra-pressoes-contra-bahia.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
online