Bahia Notícias / Notícias / Salvador quer reduzir velocidades em pistas, mas especialista vê ações como ‘tímidas’ -09/02/2021

Sobre &ultiltima segunda-feira (30), o vice-prefeito de Paris, David Belliard, anunciou à r Franceinfo que a maior parte da cidade terá que ter, a partir de agora, velocidade m de 30 km/h para reduzir acidentes e poluir. Em Salvador, h tem como objetivo adotar táticas similares para a cidade se readeçar à realidade urbana atual do ícone munic-embora, n não haja indicação de que toda a cidade tenha que ser medida t radical como faz à capital de Fran ction.

De acordo com o superintendente da Tr &acsimile nsito de Salvador (Transalvador), Marcus Passos, o objetivo é estender o projeto Zona 30, que limita em alguns locais a velocidade m Máximo a 30 km/h. Atualmente, este j foi colocado em área de pr em trechos do Bonfim e Patamares. De acordo com o funcionário mais outros pontos da cidade devem receber, em breve, modifica Urbane urban es para implantar o projeto. Ele diz que n não pode adiantar todos os locais, mas sinaliza que a Ribeira j estará em processo de finalizá-la para receber a alteração, enquanto o City Jardim est á fase de uma alleyne. Um trecho do Com um rcio também m pode ser contemplado com a velocidade redu. De acordo com o chefe do município, o objetivo é contemplar regi ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` regi ` ` regi ` ` regi ` ` ` regi ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` ` contempla com diferentes soci personagem.

N pará o les Salvador, já que as grandes cidades foram pensadas muito nos shows. Hoje, Salvador j foi alcançado o n &umere de mais de 1 milh á s de taças. Ent falha, entendemos, através de n ú meros, que Salvador tem avenidas que n não alcanem mais a velocidade que est-programada est, ” Passos explicou, em entrevista à Bahia Not-cias.

A Prefeitura instalou ‘Zona 30’ no Baixo do Bonfim | Foto: Betto Jr. / Secom

O superintendente do município municipal indica que, nesse processo de resconfiguração, a Avenida Garibaldi deve ter a velocidade de 70 km/h diminua para 60 km/h. Um dos pontos justificados para o modifica a velocidade m é a velocidade do dia a dia da pista entre segunda e sexta-feira, que é de 46 km/h.  

” Nós acompanhamos com estas resuitabilidade de velocidade. N’ s não é uma coisa nova. Este j vem acontecendo na Europa e algumas cidades aqui na pr Deprives Am é rica do Sul. Paris, por ser a cidade que mais absorve o turismo no mundo, onde as pessoas andam de bicicleta, quanto a rua h de pedestres h, por ser a cidade mais visitada do mundo, n não tem tanta necessidade de andar com ele é pr-ish-ish. L &rdash; l significará que h os residentes, e o natural que essas pessoas usam “, compara.

Outras avenidas como ACM e Tancredo Neves devem sofrer alteração das alterações, principalmente por conta do advento do BRT. Modifica O Etilde; es também m s não analisados para parte da orla. A Paralela e o trecho soteropolitano do BR-324, por sua vez, que são as pistas com maior velocidade m Máximo (80 km/h) n ° devem ser modificadas por ora.  

Para ele, a capital baiana n não tem estrutura f ou a estrutura necess seria necessária para realizar relações mais profundas, mas sustenta que os projetos de mobilidade instalados permitem que haja mudança nas velocidades m dias em avenidas de grande fluxo. ” Salvador ainda n ` ` alcançou este n-nível de preenchimento, na diversão de vários fatores. Nós temos ainda um servi de transporte que est sendo modificado, melhorado. J existe o &ocheme, vem o VLT. Consequentemente, nos anos pr Ximos n &ldgs teremos uma cidade mais estruturada com relativa à mobilidade “, opina, opina, citando, também m, que houve ampliação do limão e o crescimento nas n &u?mera das ciclovias.  

CR Í TÁTICAS DO POPULA &Cradà O

Para Passos, é importante quebrar mitos falando de mudan no tr &actered nsito de Salvador. ” Velocidade do Redu ” n a velocidade é aumencada em congestionamento. Muito para o ribeiramento. É o fluxo para seguir perene a essa velocidade, e que tem menos congestionamento. Quando se trata de tr &acém nsito e speed-rematch, as pessoas pensam muito no radar e notificando-o. A ideia n não é que, no é porque, nos caminhos que são reapropriados, daremos um prazo para que o populao se acostuma, ” ele declara.

” Primeiro que nós n ` ` re fazendo o roda-up. Nós também estamos aqui para emular estamos aqui para emular a Europa. Há um conceito. Conceito de tr &acogênico nsito é &użnico. L All-agic que h mofo e estruturas que se adequam a cada local. Salvador tem uma topografia diferente, com declives, vielas “, acrescenta.

CULTURA BREAK ‘ CARROCRATA ‘ Para o especialista em matéria de assunto, Pablo Florentino, o o o o o o o o o o o (Zona 30) e a resuitabilidade da velocidade de velocidade de velocidade. No entanto, no vil dele, ainda não é para ser disponibilizado e feito em localidades principais da cidade. ” Finalmente est est tomando este passo de uma forma mais abrangente, pois j fizeram essa solu ç ó ria no Rio Vermelho, Barra e Pituba, com o projeto Tr &acmedicação nsito Calmo. Mas estamos falando de lugares de spa onde a especula imobili estaria atuando. A prefeitura e a especula mobili saberiam que, quando h é um tr &acquique nsito calmo, que a espa urbana fica valorizada …. Em um lugar com limão limão, ciclovias “, lamenta Florentino, que é doutor em Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), membro do Coletivo Mobicity Salvador e coordenador do Observat Mobilidade Mobilidade Salvador (ObMob).  

” Para que nós transformemos esta cidade, temos que pensar em uma escala muito mais abrangente, e n não ficar inova spa que j ` s privilegiada socioeconomicamente para fazer interven odorless es que s &rsv. o privil são os gios destes sítios. Eu queria ver algo assim no Cabula, na Massaranduba, na Mata das Trevas, no Pau Mi ú, no IAPI, Box D &r& Agua gua “, emeni.

Sobre o vis his vis his, a coragem da prefeitura de Salvador para romper com o” sentido comum “.” Eu acho que, a partir de 2013, houve a maior parte do nsito de tr &acperigos em Salvador. Antes, em Jo’s no Henry, n houve este gest-in-the-one. Aos 2012 anos valeu tudo. Esse simples fato j trouxe uma melhora. No mais, acho que é tudo muito ef e mero mishandled, porque vivemos em uma cultura carrocêntrica. Para mudar alguma coisa, precisamos enfrentar os conflitos, ” Ele disputou.

Florentino ainda cita o exemplo de Fortaleza, que, no entendimento dele, é referência em mobilidade quesito no pa í s. ” S não gostam disso porque tiveram coragem. Aquela prefeitura que est aí é, para mim, n não teve coragem de enfrentar as cenouras e o senso comum das pessoas que t m carro. Fabrizzio Muller [ex-titular da Transalvador e atual Escritório de Mobilidade Secreta] tentou implantar uma gama de &ocampnibus. Com dois dias, desiste “, recorda.  

Ele ainda diz que, para modificar a cultura do tr &acréu nsito na cidade, n não é suficiente para investir na mudança de velocidade das pistas, que ele classifica como ” assassinos “.” Em muitas ruas, bastaria para mim reduzir as velocidades, mas, simplesmente colocar um prato, n o upfront. H há um conjunto dos radio-berries. É ter lombadas, pardais, redutores, sem semáforos, maior sinalização horizontal e vertical “, prop Ethylde; e.  

” Uma violação de paradigmas esse processo de mudana, no qual teremos conflitos. É inevit ble. Vivemos uma cultura esculpida que, inclusive, molda a ideologia e o pensamento daqueles que desenham a espa urbana: o t é o t cons de Transaador, os designers das consultorias que vendem os projetos “, acrescenta.

TR &Accents NSITO IN N Ú MEROS Atualmente, faltam materiais p ú blicos para medir o profundo qu é a cultura da carroça citada florentina. O levantamento mais abrangente sobre o assunto foi a Pesquisa Origem e Destino, lan tomada em 2012 pelo governo da Bahia. A uma análise aponta que 66,8% das pessoas começam e terminam o caminho para p é ou &oclusion nibus, enquanto apenas 19,1% utilizam o próprio autom como meio de loanway em Salvador e no Metropolitan Regi.  

Foto: Pesquisa Fonte e Destino (clique para ampliar)

“Tal uma cidade plural que existe de fato é totalmente ignorada neste momento de desenhar a cidade, porque a cidade foi desenhada para privilegiar os carros”, reclama Florentino.

Ele cita o exemplo de S não Paulo. Durante a gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT), a capital paulista diminuiu para 50 km/h a velocidade máxima m de faixas marginais. Por conta disso, em m-dia, houve decréscimo de 60 ocorrendo para ocorrer antigos di júris que estavam precisando de usar leitos hospitalares “. Eles criaram um hospital sem levantar um tijolo. O Ningu é m coloca na conta o custo social da alta velocidade, ” argumenta.

O urbanista ainda afirma que a pesquisa indica que, em um collis não com uma ve vista a 60 km/h, as chances de sobreviver ao pedestre do pedestre está no máximo de 25%. ” Eu vim de Sabino Silva em é uma Pituba, passando por Orla. H páginas são de alongamentos de 60 km/h. Na Boca do Rio, são 70 km/h em Itapu não. Na orla. Isso é um absurdo. Tudo vai repor a espa urbana, ” conclui.

Apesar do cr do cr de Florentine cr, o n &umerável de acidentes com mortes em Salvador tem diminuído sistematicamente desde 2013, quando, no vil dele, deu-se o in vivo do processo de gest no tr &acperigos nsito, com a chegada de ACM Neto (DEM) à coisa Pal que Thom é de Souza.  

Em 2012, no ú ltimas ano da Jo do no-Henry, houve 239 acidentes com mortes. Desde que em diante, o n &ushemere foi diminuído. Em 2019, &ultimo ano em que a Transalvador realizou o balan ir, foram 130 mortes em ocorr Elders no tr &accio nsito. O n &ushemere de mortos no nsito de tr &acate para cada 100 habitantes caiu de 9,11 para 4,63, entre 2012 e 2019.  

O n &umere de atropelamento segue a mesma toada. Em 2012, foram 1.720 minutos para ocorrer Elders. Em 2019, 819-foram registrados neste &u.ltimo ano, houve aumento de rela a 2018, quando foram identificados 793.

De acordo com o município municipal, a frota de Salvador tem 1.016.761% de ve-tucks. O populus total é 2.872.347.

Fonte: www.bahianoticias.com.br/noticia/261645-salvador-quer-reduzir-velocidades-em-vias-mas-especialista-ve-acoes-como-timidas.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
online