Brancos ganharam 73% a mais do que os negros no 1º ano da pandemia-Notícias-R7 Brasil

A-A + Pretos e pardos perderam mais empregos em 2020

Pretos e pardos perderam mais empregos em 2020

REUTERS/Amanda Perobelli

O IBGE ((nstituta Brasileiro de Geografia e Estatística) apresentou nesta sexta-feira (3) dados que mostram que a desigualdade entre as pessoas brancas e negras só aumentaram no primeiro ano da pandemia.

Em média, a população ocupada branca (R$ 3.056) teve uma renda média mensal real do cargo superior 73,3% maior que a de negros e pardos (R$ 1.764) em 2020. Para os homens, esse rendimento (R$ 2.608) foi 28,1% maior do que isso para as mulheres (R$ 2.037).

Os dados são da Síntese de Indicadores Sociais, do IBGE.

Pretos e pardos também morreram mais de Covid. Em 2020, de acordo com o Ministério da Saúde, a infecção por coronavírus tirou a vida de 57.681 homens ou pardos negros, e o de 56.942 homens brancos. 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
online