Delegação baiana conquista 60 medalhas na Copa Brasil de Canoagem de Velocidade

ESPORTE

Na última semana, o cenário da canoagem nacional viu o domínio impressionante dos talentosos atletas baianos, que brilharam na 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem de Velocidade. Com uma participação imponente, a delegação da Bahia conquistou um total de 60 medalhas, incluindo 21 de ouro, 21 de prata e 18 de bronze, deixando sua marca indelével no evento.

Representando o estado, 50 atletas embarcaram na competição, entre eles 10 integrantes das seleções brasileiras principal e 3 da base, evidenciando a força e o talento da canoagem baiana em todas as categorias.

O destaque não se limitou apenas às conquistas individuais. As associações baianas também subiram ao pódio, com a Associação Cacaueira de Canoagem de Ubaitaba (ACC) conquistando a 2ª posição e a Associação de Canoagem de Itacaré (ACI) garantindo a 3ª colocação na disputa entre as 22 associações de todo o país.

A 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem de Velocidade foi realizada na cidade de Lagoa Santa, em Minas Gerais, durante o último final de semana (22 a 24 de março), marcando o início emocionante do calendário nacional da modalidade.

Para Camila Lima, presidente da Federação Baiana de Canoagem, os resultados alcançados pela delegação demonstram mais uma vez que a Bahia é o berço da canoagem em velocidade, reforçando o legado de conquistas do estado nesse esporte.

Além do brilho nas águas brasileiras, os olhares agora se voltam para desafios internacionais. No próximo mês, Sarasota, nos Estados Unidos, será palco do Campeonato Pan-americano de Canoagem Velocidade e Seletiva Continental para os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Com base nos resultados da Copa Brasil, os atletas serão avaliados para compor a Seleção Brasileira e disputarão as últimas vagas continentais, potencialmente ampliando a presença do Brasil nas Olimpíadas.

Valdenice Conceição, de Itacaré, desponta como candidata a buscar uma dessas vagas, especialmente no C1 feminino. Já no C2 masculino, Filipe Vinicius Santana e Jack Godmann, representantes de associações baianas, têm a expectativa de brilhar e garantir seu lugar nos Jogos.

Com o apoio da Federação Baiana de Canoagem e a determinação dos atletas, a Bahia continua a se destacar como um celeiro de talentos na canoagem, prometendo mais emoção e conquistas nos próximos eventos nacionais e internacionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *