Em Coletiva, Bruno Reis Afirma Que Não Haverá Reajuste No Transporte Público Em 2024

POLÍTICA

Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (8), o prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciou que não haverá reajuste nas tarifas do transporte público na capital baiana em 2024. A decisão vem em meio ao fim da desoneração da folha de pagamento proposto pelo governo federal, que impactará no setor em todo o país, elevando os custos de operação.

Reis destacou a crise enfrentada pelo sistema de transporte metropolitano na Bahia, com o fechamento de empresas e demissões em massa. Ele lamentou a falta de subsídio do governo federal para o setor e criticou a reoneração da folha, que poderia acarretar um aumento de aproximadamente 25 centavos no valor da tarifa.

“É lamentável que serviços essenciais, como o transporte público, não recebam a sensibilidade necessária dos governantes para estabelecer exceções. Esperamos que o Congresso Nacional ou até mesmo a Justiça possam rever essa medida, especialmente no caso do transporte público, que é um problema enfrentado não só em Salvador, mas em médias e grandes cidades do Brasil”, declarou o prefeito.

Bruno Reis ressaltou que das 11 empresas que compunham o sistema metropolitano, cinco já fecharam, resultando na demissão de cerca de 1,5 mil trabalhadores. Ele alertou ainda que mais empresas podem quebrar devido à desoneração da folha.

Em relação ao subsídio, o prefeito informou que a Prefeitura já paga 32 centavos por passagem, graças ao subsídio aprovado no ano passado, o primeiro regular da história da cidade. “Para evitar instabilidade e preocupação, garanto que este ano não haverá reajuste no transporte público em qualquer hipótese”, frisou Reis.

A situação do transporte público não é exclusiva de Salvador, mas reflete um dilema enfrentado por prefeitos em todo o Brasil, que lutam para manter o serviço funcionando diante das dificuldades econômicas e da falta de apoio governamental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *