O dono de ” Banca “-Resenha na Rede

Felipe Oliveira / EC Bahia

Gilberto vem quebrando vários recordes na Bahia. Artilheiro de um clube nordestino na história da Série A, artilheiro do Bahia em brasileiros, 17º liderando artilheiro da história do clube empatado com nada mais, nada menos do que Bobô, com 80 gols. Artilheiro da Arena Fonte Nova, e atual pontuador da Brasileirão 2021.

E ainda tem mais. Ele aparece entre os 50 maiores garçons do Tricolor em todos os momentos. Também entrou recentemente o top-20 dos artilheiros do Brasileirão de pontos rachado, com 70 gols, terceiro maior artilheiro da história da Copa do Nordeste e o artilheiro do Squad em clássicos nordestino no século. Ufaaa !!!

E com aquele currículo memorável e seu contrato chegando ao fim, sim, ele é como ele diz na Bahia, “com a faca e o queijo na mão”.

Mas o que tudo indica é que ele deve até deixar o Tricolor no final da temporada. O destino? Ninguém sabe ao certo ainda. O que sabemos é que “Gibagol”, como é chamado com carinho pela torcida do Squad, deixará um legado e marcas de goleadas de serem agredidas no futebol atual. E que, apesar das críticas de alguns, de fato, contra fatos (e dados), não há argumentos.

Fonte: resenhanarede.com.br/o-dono-da-banca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
online