Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Lula é multado pelo TSE e terá que pagar R$ 250 mil por propaganda contra Bolsonaro

POLÍTICA
Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil
Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aplicou uma multa de R$ 250 mil ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e à coligação Brasil da Esperança por impulsionamento de propaganda eleitoral negativa na internet durante as eleições de 2022.

As regras do TSE proíbem que candidatos paguem para que as plataformas impulsionem conteúdos negativos contra seus adversários.

A ação foi movida pela coligação de Jair Bolsonaro (PL), que questionou um vídeo no qual um locutor descreve o ex-presidente como incompetente, mentiroso e desumano.

No vídeo, também havia uma sequência de falas de Bolsonaro, incluindo: “Estou com Covid (imita sons ofegantes)”; “Vai comprar vacina só se for na casa da tua mãe”; e “Falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira”.

De acordo com as normas, a estratégia de impulsionar publicações só é permitida para promover ações positivas de candidaturas, partidos ou federações que contratam o serviço.

O julgamento ocorreu no plenário virtual da Corte, onde os magistrados depositam apenas seus votos. A decisão foi unânime, com todos os ministros seguindo o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia.

A íntegra dos votos não foi divulgada.

Por Redação 06:00 Horas, 30 de Abril de 2024.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *