Orkestra Rumpilezz realiza sexta apresentação gratuita em Salvador, revisitando clássicos da música brasileira

CULTURA/ENTRETENIMENTO

No coração do Centro Histórico de Salvador, na icônica Escadaria do Passo, ecoará mais uma vez a poderosa e envolvente música da Orkestra Rumpilezz. Na próxima sexta-feira, dia 5 de abril, às 19h, a orquestra apresentará seu sexto espetáculo gratuito como parte do projeto “Rumpilezz Funfun no Passo”. Esta apresentação especial revisitará obras imortais de dois ícones da música brasileira, Dorival Caymmi e Moacir Santos, através dos arranjos marcantes do saudoso maestro Letieres Leite, visionário fundador do grupo em 2006.

Em uma conversa com Tiago Nunes, um dos talentosos percussionistas da Orkestra Rumpilezz, foi revelado que o show de abril será dividido em duas partes igualmente emocionantes. A primeira parte trará o repertório do último disco da orquestra, “Moacir de Todos os Santos”. Já a segunda parte será uma imersão nos clássicos de Caymmi, no espetáculo intitulado “Rumpilezz Visita Caymmi”. Será uma jornada musical conduzida por seis percussionistas, um a mais do que os shows anteriores, como uma forma de homenagear esses gigantes da música brasileira e nordestina.

Essa iniciativa louvável é fruto de uma colaboração entre o Instituto Rumpilezz, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) e a Empresa Salvador Turismo (Saltur), com o objetivo de democratizar o acesso à música instrumental, levando-a às ruas e aproximando-a do público.

As apresentações mensais, que acontecem desde outubro do ano passado, são estrategicamente programadas para a primeira sexta-feira de cada mês. Esta escolha não é apenas aleatória, mas sim uma reverência aos orixás “funfun”, que representam a cor branca. Os trajes dos músicos da orquestra frequentemente incorporam essa cor como uma forma de honrar essas divindades yorubás.

A Orkestra Rumpilezz, composta por instrumentos de sopro e percussão, é uma verdadeira celebração das raízes rítmicas e espirituais do Candomblé. Seu nome, com as duas letras “z” no final, é uma homenagem ao jazz, evidenciando a fusão de influências que caracteriza sua sonoridade única.

Portanto, se você estiver em Salvador na próxima sexta-feira, não perca a oportunidade de testemunhar essa experiência musical extraordinária na Escadaria do Passo. Uma noite de reverência aos mestres da música brasileira, conduzida pela magia da Orkestra Rumpilezz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *